Compartilhe com seus amigos:
Facebooktwittergoogle_plusmail

O DIA DAS MÃES

     Fomos gestados. Todos temos mãe, mas, – e infelizmente muito possível – nem todos temos um pai, obviamente não no sentido literal,  seja vivo ou pela irresponsável omissão do mesmo em não de saber criar um filho.
A maioria dos homens emasculados hoje esbravejam: Plantei uma árvore, escrevi um livro e fiz um filho. Agora cuide da árvore, explique o livro e crie o filho. Essa segunda parte que separa os meninos dos homens.
O demônio ao escolher, escolheu tentar mais a verve patriarcal para, como um macaqueador de Deus, manchá-lo por saber que Deus apresentou-se primeiramente como homem. O pai continua sendo o grande alvo do demônio e uma marionete destruidora de lares.
Mas aqui não é lugar de falar dos pais, os verdadeiros possuem o dia deles.
     Muitas são as mães solteiras, as mães casadas que parecem solteiras e as que são mães na alma.
Na verdade não existe mãe solteira, há um pai e sempre haverá. Não venho aqui aumentar o papel de mãe ou equipará-lo ao papel de pai.
     Aponto que; nas devidas proporções em que vivemos hoje, em nossa sociedade esfacelada de valores morais básicos como a fraternidade, a fé, a esperança e a caridade, a família nuclear foi vilipendiada a uma margem solitária.
Essa família está lá, feliz, sentada à margem de uma sociedade doentia, com mães solitárias, pais ausentes e irresponsáveis, e algumas poucas – com a Graça de Deus – mães irresponsáveis.
     Atentemos a isso para não, levianamente, apoiarmos uma das mais abomináveis ações humanas, que é o aborto. Não cabe aqui nesse pequeno artigo tratar desse nefasto assunto, porém cabe indicar que, toda vida é sagrada e que o bebê no ventre materno deve ser nutrido em amor e cuidado.
     O dia das mães não cabe apenas nesse dia, ele cabe na eternidade. Sempre será a nossa casa, com a licença aos freudianos que foram os percursores ao ligarem doentiamente as relações familiares e deturpá-las transformando o homem em uma besta sexual. Jung foi mais além, e ainda bem.
     O mês de Maio me deu dois presentes: O divino e o terreno; Minha mãe celeste, Maria de Fátima, comemorado no dia 13 de Maio e minha Mãe terrestre, Maria Cristina que faz aniversário dia 2 de Maio.

No meu batismo em 1984, fui consagrado à Nossa Senhora de Fátima, anos depois, minha consagração mariana foi à Nossa Senhora de Fátima. Na Igreja, eu estava em dois colos, duas Marias me embalavam.

Sou descendente de portugueses, e em minha casa a devoção mariana era grande. Minha mãe da terra, Maria Cristina, também é consagrada à Nossa Senhora de Fátima, assim como todos os meus avós foram.

Quando infante, fui sustentado por três mulheres: minha bisavó, minha avó e minha mãe. Bela, recatada e moral.A minha bisavó pensionista viúva, ajudava a minha avó a bordar e a costurar, muitas vezes, a noite inteira. Ao raiar do dia, toda a comida para o dia inteiro (e era muita) estava quase pronta. Minha mãe, trabalhava 40 horas por 5 dias como professora e coordenadora. A minha admiração por elas não se traduz nesse pequeno e ínfimo texto.

Católicas e mães, obrigado.
Eu gostaria de hoje, agradecer em memória às minhas três queridas mães, hoje na presença Dele: Dagmar Coutinho Nogueira da Gama, minha bisavó; Madalena Rodrigues, minha bisavó e Diva Nogueira da Gama, minha avó. Essas mamães me salvaram.
Esse aqui sou eu, e essa é a minha querida mãe Maria da terra, Maria Cristina, tamanho presente e nome lindo que Deus escolheu. A união de Maria e Cristo em um só nome. Ao seu dia, todo o meu amor, imperfeitamente. Espero que passemos muitos dias das mães juntos.mamae e eu

Eu nunca poderia esquecer de Maria, mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Maria é a mãe perfeita, a mãe de Deus e a ela saudamos nesse dia e parabenizamos por ser a Mãe das mães. Pela tradição da Igreja, muitos são os cuidados que recebemos dela, e muitas são as histórias comoventes que lemos. Ao saber uma sobre o escapulário do Carmo, que é feito do tecido de lã de carneiro, originalmente feitos pelas mãos de Maria, para as pequenas roupas do menino Jesus, as suas próprias e do piíssimo São José, comoveu-me, é a nossa mãe de misericórdia, a vida, e a esperança nossa, é a nossa advogada.

  theotokos_-_m_e_da_ternura_4_

Santa Maria, rainha da paz, rogai por nós.
Aqui a seguir está a ladainha da Mãe de Jesus para contemplarmos e rezarmos todos os lindos títulos dessa mãe perfeita.
 
Em Português
Senhor, tende pidedade de nós
Cristo, tende pidedade de nós
Senhor, tende pidedade de nós
Cristo, ouvi-nos
Cristo, atendei-nos
Deus Pai do céu, tende piedade de nós
Deus Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nósSanta Maria, rogai por nós.
Santa Mãe de Deus,
Santa Virgem das virgens,
Mãe de Cristo,
Mãe da Igreja
Mãe da divina graça,
Mãe puríssima,
Mãe castíssima,
Mãe sempre virgem,
Mãe imaculada,
Mãe digna de amor,
Mãe admirável,
Mãe do bom conselho,
Mãe do Criador,
Mãe do Salvador,
Virgem prudentíssima,
Virgem venerável,
Virgem louvável,
Virgem poderosa,
Virgem clemente,
Virgem fiel,
Espelho de perfeição,
Sede da Sabedoria,
Fonte de nossa alegria,
Vaso espiritual,
Tabernáculo da eterna glória,
Moradia consagrada a Deus,
Rosa mística,
Torre de Davi,
Torre de marfim,
Casa de ouro,
Arca da aliança,
Porta do céu,
Estrela da manhã,
Saúde dos enfermos,
Refúgio dos pecadores,
Consoladora dos aflitos,
Auxílio dos cristãos,
Rainha dos Anjos,
Rainha dos Patriarcas,
Rainha dos Profetas,
Rainha dos Apóstolos,
Rainha dos Mártires,
Rainha dos confessores da fé,
Rainha das Virgens,
Rainha de todos os Santos,
Rainha concebida sem pecado original,
Rainha assunta ao céu,
Rainha do santo Rosário,
Rainha da paz.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.

Rogai por nós, santa Mãe de Deus.

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo

Em Latim

Kyrie, eleison.

Christe, eleison.
Kyrie, eleison.
Christe, audi nos.
Christe, exaudi nos.
Pater de caelis Deus, miserere nobis
Fili, Redemptor mundi, Deus, miserere nobis
Spiritus Sancte Deus, miserere nobis
Sancta Trinitas, unus Deus, miserere nobis
Sancta Maria, ora pro nobis
Sancta Dei Genitrix, ora pro nobis
Sancta Virgo virginum, ora pro nobis
Mater Christi, ora pro nobis
Mater divinae gratiae, ora pro nobis
Mater purissima, ora pro nobis
Mater castissima, ora pro nobis
Mater inviolata, ora pro nobis
Mater intemerata, ora pro nobis
Mater amabilis, ora pro nobis
Mater admirabilis, ora pro nobis
Mater boni consilii, ora pro nobis
Mater Creatoris, ora pro nobis
Mater Salvatoris, ora pro nobis
Virgo prudentissima, ora pro nobis
Virgo veneranda, ora pro nobis
Virgo praedicanda, ora pro nobis
Virgo potens, ora pro nobis
Virgo Clemens, ora pro nobis
Virgo fidelis, ora pro nobis
Speculum justitiae, ora pro nobis
Sedes sapientiae, ora pro nobis
Causa nostrae laetitiae, ora pro nobis
Vas spirituale, ora pro nobis
Vas honorabile, ora pro nobis
Vas insigne devotionis, ora pro nobis
Rosa mystica, ora pro nobis
Turris Davidica, ora pro nobis
Turris eburnea, ora pro nobis
Domus aurea, ora pro nobis
Foederis arca, ora pro nobis
Janua caeli, ora pro nobis
Stella matutina, ora pro nobis
Salus infirmorum, ora pro nobis
Refugium peccatorum, ora pro nobis
Consolatrix afflictorum, ora pro nobis
Auxilium christianorum, ora pro nobis
Regina angeloru, ora pro nobis
Regina patriarcharum, ora pro nobis
Regina prophetarum, ora pro nobis
Regina apostolorum, ora pro nobis
Regina martyrum, ora pro nobis
Regina confessorum, ora pro nobis
Regina virginum, ora pro nobis
Regina sanctorum omnium, ora pro nobis
Regina sine labe originali concepta, ora pro nobis
Regina in caelum assumpta, ora pro nobis
Regina sacratissimi Rosarii, ora pro nobis
Regina pacis, ora pro nobis

Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi,
parce nobis, Dómine.
Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi,
exáudi nos, Dómine.
Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi,
miserére nobis.

V. Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix.

R. Ut digni efficiámur
promissiónibus Christi.

Orémus.

Concéde nos fámulos tuos, quæsumus, Dómine Deus, perpétua mentis et córporis sanitáte gaudére: et gloriósa beátæ Maríæ semper Vírginis intercessióne, a præsénti liberári tristítia, et ætérna pérfrui lætítia.

Per Christum Dóminum nostrum.

Amen
Compartilhe com seus amigos:
Facebooktwittergoogle_plusmail